Compartilhar
Share on Google+
ATO DAS MULHERES EM BRASÍLIA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA


O projeto de "Contrarreforma da Previdência" do governo Temer desconsidera a realidade vivida pelas mulheres, colocando mais peso sobre suas costas. Você sabia que:

- As mulheres ainda são as únicas responsáveis pelo trabalho doméstico e do cuidado não remunerado, com jornada de até 21 horas semanais?

- As mulheres recebem 30% menos que os homens exercendo a mesma função?

- As mulheres negras recebem menores salários, estão em maior número na informalidade e em trabalhos precários?

- A terceirização e a precarização do trabalho, somados a informalidade farão com que a maioria das trabalhadoras não consiga alcançar os 25 anos de contribuição para se aposentar?

- Para as jovens o desmonte da previdência social fará com que percam o direito a se aposentar?

- As trabalhadoras domésticas já serão duramente impactadas com a reforma trabalhista que limita seu acesso à aposentadoria?

- O desmonte da previdência tem caráter racista e machista e impactará mais fortemente as mulheres, e em especial as negras.

Nós mulheres trabalhadoras das Centrais Sindicais, nos posicionamos contra e qualquer alteração nas regras da previdência que implique em retirada de direitos de trabalhadoras e trabalhadores, rurais e urbanos.






GALERIA DE FOTOS
Trabalho Decente




.: UGT DIGITAL
 
Eduardo Rodrigues DF

 
Turma aumenta indenização a gerente da Caixa que sofreu sequestro e extorsão.
 
PROGRAMA ADM RIO SINDICAL - 01/03/2016
 
UGT-DF - UNIÃO GERAL DOS TRABALHADORES DO DISTRITO FEDERAL

Fone: (61) 3244-0824
Endereço: SEP SUL EQ 707/907 - Conj. E N. 10 Sl 512, Ed. San Marino.
CEP: 70.390-078 - Brasília/DF
E-mail: ugtbrasilia@gmail.com / ugtdf@ugtdf.org.br
Site: www.ugtdf.org.br
Facebook: facebook.com/ugtbrasilia
Twitter: twitter.com/UGTDF
Desenvolvido por X3 Sistemas